Flamengo e Paineiras levam títulos por categoria no Campeonato Brasileiro Interclubes de Nado Artístico

Flamengo leva a melhor no sênior e no júnior, enquanto Paineiras brilha no infantil e no juvenil

Foto: João Paulo de Castro/CBDA
17/11/2019 0 1919


(Rio de Janeiro, 17 de novembro
de 2019)
O Flamengo e o Paineiras foram os grandes destaques do Campeonato Brasileiro
Interclubes de Nado Artístico, realizado durante esta semana, no Parque
Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro. O Rubro-Negro foi campeão nas
categorias sênior e júnior, enquanto a equipe de São Paulo levou a melhor no infantil
e no juvenil.


Na principal categoria do evento
e recheado de atletas da seleção brasileira, o Flamengo confirmou seu
favoritismo e garantiu o troféu de campeão com 211 pontos em uma disputa
apertada com o Fluminense que somou 192 pontos durante a competição. O Santa
Mônica Clube de Campo de Colombo, no Paraná, completou o pódio.


No júnior, o Flamengo levou a
melhor sobre o Paineiras. O Rubro-Negro foi campeão com 126 pontos. O Paineiras
terminou em segundo com 99 pontos e o Fluminense completou o pódio da categoria
no nível A. única equipe nível B, o Jaraguá somou 12 pontos na categoria.


“A gente veio com 46
coreografias, que é um núvemor recorde. A história continua. É um trabalho de
equipe muito grande. Passa por fisioterapeuta, psicólogo até a comissão técnica.
Temos um apoio muito grande do Flamengo, que tem um nível de profissionalismo
muito alto e reflete nos resultados. A competição foi excelente, com uma
organização impecável. Isso faz muita diferença para a nossa modalidade”, falou
a chefe de equipe do Flamengo, Roberta Perillier.

O Paineiras levou a melhor em
duas categorias. No infantil, a equipe paulista foi campeã geral com 87 pontos,
seguida pelo Tijuca (50 pontos) e Flamengo, com apenas um ponto atrás,
completou o pódio da categoria no Nível A. No Nível B, o NadoArt foi o campeão
com 72 pontos.


No juvenil, mais uma vez o troféu
de campeão foi para o Paineiras. Desta vez, porém, Flamengo e Tijuca inverteram
de posições e terminaram em segundo e em terceiro, respectivamente. No nível B,
o Jaraguá foi o campeão com 51 pontos.


“Nós temos um trabalho de base
bem feito e muito grande. A gente tinha duas equipes participando, então mostra
que temos qualidade e volume também. Isso demanda empenho de todos e estou
muito satisfeita com o resultado que tivemos aqui”, disse Andrea Curi,
responsável pela equipe do Paineiras.


De acordo com a supervisora de
Nado Artístico da CBDA, Mônica Rosas, a competição teve um excelente nível
técnico e coroou um ano muito importante para a estruturação da modalidade no Brasil.


“Nós tivemos um nível técnico altíssimo na categoria sênior. Nas categorias de base, mais de 90 atletas inscritos. Claro que temos muito a melhorar, principalmente entre os mais novos, mas o projeto é esse: quanto mais atletas tivermos, mais talentos vamos identificar em um futuro próximo", explicou.


O Campeonato Brasileiro
Interclubes de Nado Artístico é uma realização da Confederação Brasileira de
Desportos Aquáticos, em parceria com o Comitê Brasileiro de Clubes e o Comitê
Olímpico do Brasil.