‘Guia de Pais e Educadores apoiando o Jogo Limpo’ é destaque da área de Educação e Prevenção ao Doping do portal do COB

Documento, elaborado em parceria com a Área de Desenvolvimento do Comitê, será disponibilizado nos sites de todas as Confederações de Esportes Olímpicos

Foto: Divulgação/COB
21/02/2020 0 49

(Rio de Janeiro, 21 de fevereiro de 2020) Importante ferramenta na Educação e Prevenção ao Doping em funcionamento desde 2018, a área chamada “Antidoping” do portal do Comitê Olímpico do Brasil (COB) está ainda mais completa. Com apoio da Área de Desenvolvimento do COB e com recursos do programa Solidariedade Olímpica, do Comitê Olímpico Internacional (COI), já está disponível para a consulta de todos o novo “Guia de Pais e Educadores apoiando o Jogo Limpo” (https://www.cob.org.br/pt/cob/antidoping/guia-pais). Como o nome já diz, o documento foi desenvolvido para ajudar pais e educadores a orientarem os jovens atletas a viver num ambiente livre do doping e em que eles sejam capazes de se defender dessa ameaça ao Jogo Limpo. O Guia também pode ser acessado na nova seção de “DESTAQUES” (https://www.cob.org.br/pt/cob/antidoping).

“Todo o site foi pensado para fácil acesso à informação, com conteúdo de consumo rápido, além de uma seção de perguntas e respostas, que aprofunda vários temas. Os usuários possuem ainda a possibilidade de direcionar seus questionamentos diretamente à Área, através do Fale Conosco. Temos uma área de documentos, em que os atletas conseguem acessar arquivos e formulários específicos de seus esportes. As informações foram compartilhadas pelas respectivas Federações Internacionais, com quem mantemos contato”, explicou o Dr. Christian Trajano, gerente de Educação e Prevenção ao Doping. 

“O desenvolvimento esportivo nacional precisa de ações que vão além da promoção de treinamentos e competições. A capacitação dos principais stakholders envolvidos no processo de formação dos jovens atletas é fundamental para obtermos sucesso nessa caminhada. E o Guia de Pais e Educadores apoiando o Jogo Limpo é um exemplo valorizado não só por nós, mas também pelo COI, através da Solidariedade Olímpica”, disse Kenji Saito, gerente da área de Desenvolvimento Esportivo do COB.      

Em 2019, a área de Educação e Prevenção ao Doping impactou diretamente quase 2000 pessoas. Foram realizadas palestras para as delegações que participaram dos Jogos Sul-Americanos de Praia em Rosário, Jogos Pan-americanos Lima2019, Jogos Mundiais de Praia Doha 2019 e Jogos Olímpicos da Juventude de Inverno Lausanne2020. Além disso, ainda em parceria com a área de Desenvolvimento, foram ministradas apresentações sobre o tema para jovens atletas de diversas modalidades como Vela, Judô e Vôlei, além de etapas regionais e nacionais dos Jogos Escolares da Juventude.

“A projeção para 2020 é de 2500 pessoas atendidas diretamente, através de palestras e atividades presenciais. As atividades presenciais são muito concorridas devido ao formato de competição que escolhemos para passar a mensagem. Os presentes participam de um QUIZ, online durante toda a palestra, sendo vencedor o que responder mais questões corretamente no menor tempo. É muito interativo”, comentou Trajano.

Outras importantes ações estão previstas para 2020, visando, logicamente, os Jogos Olímpicos de Tóquio. Entre elas estão o lançamento de uma série com quatro vídeos, inspirados no curta de animação “Querido Basquetebol”, de Kobe Bryant, ganhador do Oscar 2018, com o objetivo de inspirar os atletas ao jogo limpo. Além disso, segue em desenvolvimento a plataforma de ensino mobile em parceria com universidades, que fará sugestão de conteúdos de acordo com a experiência de navegação do usuário. 

“Além da área de e-learning, o aplicativo oferecerá ferramentas de consulta à Lista Proibida da WADA, orientações quanto ao uso de suplementos, e uma área de documentos que permitirá que os profissionais de saúde que utilizem a plataforma possam emitir formulários de Autorização de Uso Terapêutico, Termos de consentimento informado para a manipulação de substâncias, entre outros. Todo o sistema contará alto nível de segurança para salvaguardar as informações”, completou Christian.