Nota Oficial - COVID-19

Posicionamento da CBDA

Foto: Divulgação/CBDA
12/03/2020 0 39

(Rio de Janeiro, 12 de março de 2020) A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos em virtude dos desdobramentos do COVID-19 (novo Coronavírus) e com o intuito de tranquilizar a comunidade aquática preparou o seguinte comunicado do presidente da entidade, Luiz Fernando Coelho, e do médico da seleção brasileira, Rodrigo Brochetto.


Veja o comunicado do presidente da CBDA: 


Estamos atentos aos acontecimentos (evolução) do COVID-19, bem como as orientações do Governo Federal e do Comitê Olímpico do Brasil. A orientação é seguir as normas dos órgãos de saúde, manter a tranquilidade e redobrar os cuidados. Todas as competições estão mantidas, porém, a cada evolução, podemos emitir boletins e notas, visando resguardar a saúde da comunidade aquática. Só tomaremos medidas extremas conforme orientação dos órgãos de controle. 


Veja o comunicado do Dr. Rodrigo Brochetto


Diante da grande procura por informações, muitas vezes de fontes não confiáveis, a abordagem à pandemia do Coronavírus se tornou muito maior e mais grave do que deveria ser tratada.


Os estudos científicos estão mostrando que em pessoas jovens (de crianças a adultos de 50-60 anos) a doença não passa de uma gripe leve em mais de 80% dos casos.


A mortalidade até os 50 anos gira em torno de 0,3%, dos 50 aos 60 de 1,3%. O que é um número baixo.


A doença se torna um pouco mais grave em pessoas idosas ou mais jovens com doenças crônicas ou imunodeficiência associadas.


A Sociedade Brasileira de Infectologia divulgou uma carta à comunidade, em conjunto com o Ministério da Saúde afirmando que não há motivos para o cancelamento de aulas, atividades laborais ou eventos esportivos no momento.


Devemos manter a calma e seguir as recomendações de higiene das mãos com água e sabão ou álcool gel e etiqueta da tosse, o que diminui muito a transmissão da doença.


Informativo_em_PDF_CoV_12-03-2020.pdf.pdf.pdf_(1)