Minas Tênis Clube é campeão geral do Troféu Brasil de Natação

Equipe mineira volta a vencer a competição após nove anos

Minas Tênis Clube é campeão geral do Troféu Brasil de Natação
Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA
12/12/2020 0 294

(Rio de Janeiro, 12 de dezembro de 2020) Minas Tênis Clube é o campeão do Campeonato Brasileiro Absoluto de Natação – Troféu Brasil 2020, realizado desde a última quarta-feira (9) até este sábado (12), na piscina do Club de Regatas Vasco da Gama, no Rio de Janeiro. Guilherme Costa e Julia Sebastian levaram o prêmio de melhor Índice Técnico e os R$ 3 mil oferecidos pelo Mercado Bitcoin.


+ Assista às provas do Troféu Bras


+ Veja a galeria de fotos


+ Resultados


O Minas Tênis Clube dominou o evento que marcou o retorno da Natação às competições nacionais de forma presencial. Protagonista desde o primeiro dia de disputas, a equipe mineira conquistou o título somando 2788,60 pontos. O Corinthians terminou na segunda colocação com 1075 pontos e o Curitibano completou o pódio com 583 pontos.


“Foi um ano bastante complicado para todos, mas acredito que fizemos uma excelente competição e, em conjunto com a CBDA, com Natação brasileira e com todos os minastenistas, conseguimos este título que não vinha há nove anos”, disse Sergio Marques, responsável pela equipe do Minas Tênis Clube.


Os prêmios de Atleta Eficiente e Índice Técnico também teve presença de atletas da equipe mineira. No prêmio de Atleta Eficiente, Guilherme Costa, campeão dos 400m, 800m e 1500m livre, foi o vencedor com 131 pontos. No feminino, melhor para Aline Rodrigues com 157 pontos.


Cachorrão voltou ao pódio para receber seu prêmio de Índice Técnico e os R$ 3 mil oferecidos pelos Mercado Bitcoin ao somar 866 pontos na prova de 400m livre. No feminino, Julia Sebastian foi a vencedora.


“Importante voltar a competir em Troféu Brasil. Foi muito importante para eu voltar ao ritmo de competição e nadar várias provas também. Agora é treinar muito e competir para me preparar bem na seletiva olímpica”, falou Guilherme.


De acordo com a diretoria de Natação da CBDA, a competição, que marcou o retorno das disputas nacionais de forma presencial, foi animadora e um bom passo em direção à Seletiva Olímpica de 2021.


“Conseguimos dar um bom passo em direção à Seletiva Olímpica de Natação, marcada para o ano que vem. Vimos que os protocolos foram seguidos, as equipes colaboraram muito e tivemos uma competição de sucesso”, analisou o diretor de Natação da CBDA, Eduardo Fischer.


“Foi uma competição onde a gente pôde ver os atletas voltando ao clima e ao ritmo de competição. Isso é muito importante e muito satisfatório. Não tenho palavras para descrever a felicidade que nos dá ver esses meninos e meninas caindo na água e fazendo o que mais amam que é nadar”, disse o gerente de Natação da CBDA, Gustavo Otsuka.


Na etapa deste sábado, o Troféu Brasil também registou uma novidade: o revezamento 4x50m medley misto, um oferecimento do Mercado Bitcoin, patrocinador oficial do evento. A equipe vencedora foi formada por Erika Gonçalves, Felipe França, Kaue Carvalho e Priscila Souza e levou R$ 10.000. Também na etapa deste sábado, Viviane Jungblut voltou a nadar abaixo do índice olímpico: 16m31s33.


O Troféu Brasil de Natação foi uma realização da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos, em parceria com a Federação Aquática do Rio de Janeiro e o Club de Regatas Vasco da Gama. A competição contou com apoio do Mercado Bitcoin, da Speedo e da Estácio de Sá.


Publicado pela Plataforma SGE da Bigmidia - Gestão Esportiva com Tecnologia

A Plataforma SGE é um Sistema de Gestão Esportiva desenvolvido para Confederações e Federações Esportivas. Saiba tudo sobre o funcionamento de um sistema de gestão esportiva e conheça melhor o SGE!