Sul-Americano Dia #02: Brasil tem primeira medalha de ouro no Nado Artístico e dobra medalhas na Natação

Quarta-feira com 15 medalhas para o Brasil em Buenos Aires

Sul-Americano Dia #02: Brasil tem primeira medalha de ouro no Nado Artístico e dobra medalhas na Natação
Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA
17/03/2021 0 209

(Buenos Aires, Argentina, 17 de março de 2021) O Brasil conquistou mais 15 medalhas nesta quarta-feira (17), segundo dia de Campeonato Sul-Americano de Esportes Aquáticos, realizado no Parque Olímpico da Juventude, em Buenos Aires, na Argentina. Destaque para a primeira medalha de ouro do Nado Artístico e para as diversas dobradinhas feitas na Natação.


+ Veja a galeria de fotos do Brasil na competição


O Nado Artístico conquistou seu primeiro ouro na competição. A medalha veio na rotina combinada com a equipe formada por: Maria Bruno, Maria Clara Lobo, Vitória Casale, Luísa Rodrigues, Gabriela Regly, Anna Giulia Veloso, Jaddy Mila Portela, Jullia Catharino, Rafaela Garcia e Thaffnys Milka. O Brasil somou 80.7250 pontos para conquistar o título. Colômbia terminou em segundo e Argentina em terceiro. 



Na Natação, uma chuva de medalhas. Ao todo, foram 14 medalhas conquistadas nesta quarta-feira – o dobro das conquistadas na última terça. O Brasil subiu ao pódio em quase todas as provas e, em algumas delas, com mais de um atleta. 


Destaque para Rafaela Raurich e Victor Baganha, que foram campeões dos 200m livre e dos 50m borboleta, respectivamente. Rafaela nadou os 200m livre em 2m01s83 e comemorou a vitória.


“Gostei muito da minha prova. Sei que errei algumas coisas, mas estamos vivendo um momento com muitas mudanças e muito tempo sem competir. Estou feliz com meu resultado”, disse.



Nado Artístico


O Nado Artístico teve a estreia do dueto formado por Laura Miccuci e Luisa Borges, que busca uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A dupla brasileira mostrou que está cada vez mais entrosada e lidera o ranking de duetos no Sul-Americano com 79.8358 pontos. O dueto misto, formado por Fabiano Ferreira e Anna Giulia Veloso, somou 65.2580 pontos e está na quarta colocação.


“Hoje a gente começou com o dueto técnico e a gente nadou muito bem. Estamos em primeiro lugar e ainda tem o livre pra gente concretizar essa medalha de ouro para o Brasil. Acredito que foi muito bom depois de tanto tempo sem competir essa nossa primeira nadada para tirar esse gelo”, comemorou Luisa Borges.



Veja os resultados do Brasil


400m medley


Fernanda Celidônio – 4m57s50 – bronze


Vinicius Assunção – 4m29s72 – prata


Pedro Cristo – 4m30s62 - bronze


100m costas


Maria Luiza Pessanha – 1m02s71 – prata


Pedro Motta – 56s65 – 7º


200m peito


Gabrielle Assis – 2m28s53 – prata


Bruna Leme – 2m32s15 – 4º


Pedro Cristo – 2m19s49 - bronze


200m livre


Rafaela Raurich – 2m01s83 – ouro


Sofia Rondel – 2m02s12 – prata


Lucas Peixoto – 1m50s25 – prata


Pablo Vieira – 1m50s45 - bronze


50m borboleta


Luana Oliveira – 27s36 – bronze


Victor Baganha – 24s03 - ouro


Revezamento 4x100m medley


Feminino - bronze


Masculino - bronze


A competição segue nesta quinta-feira, com disputas de Natação e Nado Artístico. A CBDA acompanha tudo em Tempo Real no Twitter: www.twitter.com/cbdaoficial


Agenda do Brasil


Natação


1500m livre (masculino)


100m borboleta


200m costas


50m peito


Revezamento 4x100m livre


Nado Artístico


Solo (Rotina Livre)


Equipe (Rotina Livre)


 


Publicado pela Plataforma SGE da Bigmidia - Gestão Esportiva com Tecnologia

A Plataforma SGE é um Sistema de Gestão Esportiva desenvolvido para Confederações e Federações Esportivas. Saiba tudo sobre o funcionamento de um sistema de gestão esportiva e conheça melhor o SGE!