Sul-Americano Dia #03: Revezamento 4x100m livre mantem tradição; Baganha é destaque

Dia também teve duas medalhas de prata do Nado Artístico

Sul-Americano Dia #03: Revezamento 4x100m livre mantem tradição; Baganha é destaque
Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA
18/03/2021 0 296

(Buenos Aires, Argentina, 18 de março 2021) O revezamento 4x100m livre masculino e Victor Baganha foram os destaque do Brasil nesta quinta-feira (18), terceiro dia de Campeonato Sul-Americano de Esportes Aquáticos, realizado no Parque Olímpico da Juventude, em Buenos Aires, Argentina. O Nado Artístico foi ao pódio na disputa de Solo e Equipes.


+ Veja a galeria de fotos do Sul-Americano


Depois de vencer os 50m borboleta, Victor Baganha foi o mais rápido pela manhã e confirmou o favoritismo à noite com a marca de 53s40 nos 100m borboleta. Depois, voltou à piscina para ajudar o revezamento 4x100m livre a conquistar mais um ouro ao lado de Victor Alcará, Guilherme Caribé e Lucas Peixoto. O Brasil também foi ao pódio nas provas de 200m costas com Maria Luiza Pessanha e Alexia Assunção, na prova de 1500m livre com Pedro Guastelli e nos 100m borboleta com Luana Oliveira.


“Estou muito feliz com a minha participação no campeonato. São minhas primeiras medalhas em Sul-Americano absoluto, então é muito gratificante poder representar o Brasil desta maneira. Não atingi meus melhores tempos, mas tenho a certeza que dei meu melhor e consegui sair muito satisfeito”, disse Baganha.



Ao todo, o Brasil conquistou sete medalhas e, agora, tem 31 na competição (oito de ouro, 11 de prata e 12 de bronze). A competição segue nesta sexta-feira, último dia de disputas de Natação e Nado Artístico.


Nado Artístico


O dia foi de rotinas livres para o Solo e para Equipes. No Solo, o Brasil conquistou a medalha de prata com Julia Catharino, que somou 160.0052 pontos (técnico e livre). O ouro ficou com a colombiana Monica Estrada. A argentina Carasatorre completou o pódio.



Na disputa de Equipe, a seleção brasileira somou 157.4256 pontos para subir ao pódio com a medalha de prata. A Equipe brasileira foi formada por Maria Bruno, Maria Clara Lobo, Vitória Casale, Luísa Rodrigues, Gabriela Regly, Anna Giulia Veloso, Jaddy Mila Portela e Jullia Catharino. A Colômbia foi a campeã e a Argentina ficou com o bronze.


Natação


Veja os resultados completos da Natação


1500m livre


Sofia Rondel – 16m58s53 4º


Giulia Chicon – 17m02s85 – 6º


Pedro Guastelli – 15m33s16 prata


100m borboleta


Luana Oliveira – 1m00s61 – bronze


Victor Baganha – 53s40 - ouro


Gabriel Perseguin – 54s48 – 6º


200m costas


Maria Luiza Pessanha – 2m16s46 - prata


Alexia Assunção – 2m17s19 - bronze


Pedro Motta – 2m10s48 – 8º


50m peito


Bruna Leme – 33s20 – 5º


Gabrielle Assis – 33s95 – 6º


Pedro Cristo - 29s00 - 5º


Davi Mourão - 29s79 - 7º


Revezamento 4x100m livre


Feminino – bronze - 3m50s73


Masculino – ouro - 3m18s54


AGENDA DO BRASIL


Natação


200m borboleta


50m livre


400m livre


Revezamento 4x100m medley misto


Nado Artístico


Dueto (Rotina Livre)


Dueto Misto (Rotina Livre)


Highlights


Publicado pela Plataforma SGE da Bigmidia - Gestão Esportiva com Tecnologia

A Plataforma SGE é um Sistema de Gestão Esportiva desenvolvido para Confederações e Federações Esportivas. Saiba tudo sobre o funcionamento de um sistema de gestão esportiva e conheça melhor o SGE!