Sul-Americano Dia #07: Brasil conquista medalhas nos Saltos Ornamentais e nas Águas Abertas

Enquanto isso, Polo Aquático segue com 100% de aproveitamento

Sul-Americano Dia #07: Brasil conquista medalhas nos Saltos Ornamentais e nas Águas Abertas
Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA
24/03/2021 0 190

(Buenos Aires, Argentina, 24 de março de 2021) O Brasil conquistou mais seis medalhas nesta quarta-feira (24), sétimo dia de disputas do Campeonato Sul-Americano de Esportes Aquáticos, que é disputado em Buenos Aires e em Mar del Plata, na Argentina. Ao todo, a seleção brasileira conquistou uma de ouro, duas de prata e três de bronze.


+ Veja a galeria de fotos do Sul-Americano


Agora, o Brasil soma 48 medalhas na competição: 13 de ouro, 17 de prata e 18 de bronze.  


Saltos Ornamentais


O dia de estreia dos Saltos Ornamentais também foi um dia dourado para a modalidade. Com 254,70 pontos no trampolim de 1 metro, Luana Lira conquistou a primeira medalha de ouro para o Brasil no Sul-Americano deste ano. Anna Lúcia dos Santos conquistou a prata ao somar 254,05 pontos.


“Foi bem importante começar com uma medalha de ouro. A prova foi bem legal, ainda mais sendo meu primeiro Campeonato Sul-Americano Absoluto. Quero agradecer a todos que me apoiaram, além de parabenizar também a Anna que saltou muito bem também”, falou Luana Lira


 


No masculino, Kawan Pereira e Luis Felipe Moura iniciaram suas trajetórias no Sul-Americano com a disputa de trampolim de 3m sincronizado. A dupla somou 334,41 pontos e conquistou a medalha de bronze para ou Brasil.


“Nossa prova poderia ter sido um pouco melhor, mas foi importante para quebrar um pouco o gelo da competição. A medalha nos dá bastante ânimo e confiança para o restante da competição”, disse Kawan Pereira



Maratonas Aquáticas 


O Brasil conquistou três medalhas na estreia das Águas Abertas no Campeonato Sul-Americano. A modalidade é realizda em Mar del Plata, a cerca de 300 km de Buenos Aires. No feminino, Cibelle Jungblut completou os 5 km na terceira colocação com o tempo de 57m40s07. O ouro foi para a peruana Maria Bramont (56m26s06) e a prata para a argentina Soledad Romina (57m39s053).


No masculino, Bruce Hanson conquistou a medalha de prata para o Brasil com o tempo de 52m33s08, seguido por Alexandre Finco, que terminou o percurso com 52m36s04.



Polo Aquático


Assim como no masculino, a seleção feminina de Polo Aquático passou sem dificuldades pelo Paraguai pelo placar de 32 a 0, em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Sul-Americano de Esportes Aquáticos. Os gols do Brasil foram marcados por: Beatriz Mantellato (7), Mirella Coutinho (6), Letícia Belorio (6), Samantha Rezende (5), Jennifer Cavalcante (3), Kemily Leão (2), Ana Julia Amaral, Ana Maria Dias e Mariana Rogê.



No período da noite, a seleção feminina voltou à piscina para vencer o Chile por 23 a 2. Os gols brasileiros foram marcados por: Beatriz Mantelatto (8), Samantha Rezende (4), Leticia Belorio (3), Mariana Rogê (2), Mirella Coutinho (2), Ana Maria Dias, Jennifer Cavalcante, Kemily Leão e Ana Julia Amaral.


A seleção masculina teve mais uma vitória tranquila no Sul-Americano de Esportes Aquáticos. Depois de golear Paraguai e Chile, a equipe treinada pelo técnico André Avallone venceu o Uruguai por 27 a 0. Os gols foram marcados por: Luis Ricardo (7), Bruno Chiappini (4), Pedro Vergara (4), Marcos Paulo (3), Roberto Freitas (3), Rafael Vergara (2), Gabriel Sojo (2) e Lucas Silva.



AGENDA DO BRASIL


O Sul-Americano segue nesta quinta-feira, com disputas de Polo Aquático e Saltos Ornamentais, ambos realizados em Buenos Aires. A Maratona Aquática retorna com a prova de 10 km na sexta-feira.


Saltos Ornamentais


Plataforma Sincronizada (masculino)


Plataforma (feminino)


Trampolim de 3 metros sincronizado (misto)


Trampolim de 3 metros (masculino)


Polo Aquático


Brasil x Colômbia (masculino)


Brasil x Peru (masculino)


Brasil x Colômbia (feminino)


Publicado pela Plataforma SGE da Bigmidia - Gestão Esportiva com Tecnologia

A Plataforma SGE é um Sistema de Gestão Esportiva desenvolvido para Confederações e Federações Esportivas. Saiba tudo sobre o funcionamento de um sistema de gestão esportiva e conheça melhor o SGE!