Brasil conquista sete medalhas no Campeonato Pan-Americano Junior de Nado Artístico

Seleção brasileira, agora, aguarda pelos Jogos Pan-Americanos de Cali

Brasil conquista sete medalhas no Campeonato Pan-Americano Junior de Nado Artístico
Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA
31/05/2021 0 107

(Rio de Janeiro, 31 de maio de 2021) O Brasil conquistou sete medalhas no Campeonato Pan-Americano Júnior da UANA de Nado Artístico. A competição foi realizada até a última sexta-feira (28), em Aruba, mas a seleção brasileira participou de forma virtual, por conta da pandemia da COVID-19. As imagens foram gravadas na estrutura do Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN) da Marinha do Brasil, no Rio de Janeiro.


Ao todo, o Brasil conquistou uma medalha de ouro, três de prata e três de bronze. O hino do Brasil foi tocado na disputa do Solo Livre. A carioca Jullia Catharino foi a vencedora com 77.4417. Itzamary Cuellar (77.3917), do México, foi a vice-campeã da prova, enquanto Clara de Leon (76.1000), do Uruguai, completou o pódio. No Solo Técnico, Jullia terminou em quarto lugar.


No dueto feminino, a dupla formada por Jaddy Portela e Jullia Catharino, com Rafaela Garcia como reserva, foi ao pódio duas vezes. No Dueto Livre, as brasileiras somaram 74.4333 e conquistaram o bronze. No Técnico, conquistaram a prata com 71.9715. No dueto misto, o Brasil conquistou duas pratas tanto na rotina livre, quanto na rotina técnica. (Veja o resultado completo ao final do texto).


Na disputa de Equipe, mais dois bronzes para o Brasil. Na rotina livre, o time brasileiro somou 75.5333. Na rotina técnica, 73.4041.


A competição foi seletiva para os Jogos Pan-Americanos Juniores de Cali. A UANA, porém, ainda não divulgou os países classificados para as respectivas provas.


Veja os resultados da competição


SOLO


Livre


Jullia Catharino - 77.4417 – Brasil - ouro


Itzamary Cuellar - 77.3917 – México - prata


Clara de Leon - 76.1000 – Uruguai - bronze


Técnico


Clara de Leon - 77.3700 – Uruguai – ouro


Maria Fernanda Germes - 77.0298 – México - prata


Paulina Garcia - 75.6857 – México – bronze


Jullia Catharino - 74.5107 – Brasil – 4º Lugar


DUETO


Livre


Maria Fernanda Germes/Itzamary Cuellar/Jeanette Davila (R) - 79.2833 - México - ouro


Trinidad Garcia/Soledad Garcia - 75.9250 – Chile – prata


Jaddy Portela/Jullia Catharino/Rafaela Garcia (R) - 74.4333 – Brasil – bronze


Técnico


Maria Fernanda Germes/Itzamary Cuellar/Paulina Garcia (R) - 76.9172 – México – ouro


Jaddy Portela/Jullia Catharino/Rafaela Garcia (R) - 71.9715 – Brasil – prata


Maya Schwickert/Una Tatar-Timberg/Natalie Franson - 71.8651 – EUA – bronze


Dueto Misto


Livre


Ximena Mortano/Diego Carrillo - 72.8233 – México – ouro


Celina Rangel/João Victor Teixeira - 64.1417 – Brasil – prata


Técnico


Ximena Mortano/Diego Carrillo - 67.0776 – México – ouro


Celina Rangel/João Victor Teixeira - 60.6283 – Brasil – prata


Equipe


Livre


México - 82.4333 – ouro


Chile - 78.1333 – prata


Brasil - 75.5333 – bronze


Técnico


México - 78.7504 – ouro


Chile - 74.8035 – prata


Brasil - 73.4041 – bronze


Publicado pela Plataforma SGE da Bigmidia - Gestão Esportiva com Tecnologia

A Plataforma SGE é um Sistema de Gestão Esportiva desenvolvido para Confederações e Federações Esportivas. Saiba tudo sobre o funcionamento de um sistema de gestão esportiva e conheça melhor o SGE!