Guilherme Costa brilha de novo, quebra recorde sul-americano e é 5º do mundo nos 800m livre

Brasil também foi à final no Nado Artístico

Guilherme Costa brilha de novo, quebra recorde sul-americano e é 5º do mundo nos 800m livre
Foto: Divulgação/CBDA
21/06/2022 0 126

(Budapeste, 21 de junho de 2022) Guilherme Costa quebrou, nesta terça-feira (21), o recorde sul-americano dos 800m livre. A marca de 7m45s48 veio na final do Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, disputado em Budapeste, na Hungria. Guilherme, medalhista de bronze nos 400m, terminou a prova na 5ª colocação.  


+ Veja a agenda do Brasil em Budapeste


Cachorrão, como é conhecido o nadador brasileiro, esteve entre os primeiros colocados durante toda a prova. Finalista olímpico na distância em Tóquio, Guilherme baixou sua própria marca. O ouro foi para o americano Bobby Finke, a prata para o alemão Florian Wellbrock e o bronze para o ucraniano Myhallo Romanchuk.  


O Brasil também esteve na final dos 50m peito com Felipe França. O nadador brasileiro terminou a prova na oitava colocação com 27s42.  



Mais cedo, o Brasil também caiu na água com Giovanna Diamante (200m borboleta), Gabriel Santos e Marcelo Chierighini (100m livre), Caio Pumputis e Vinicius Lanza (200m medley) e com o revezamento 4x100m medley misto. 


Veja os resultados da Natação desta terça-feira 


200m borboleta feminino  


Giovanna Diamante - 2m12s39 - 18ª 


100m livre masculino  


Gabriel Santos - 48s89 - 25º 


Marcelo Chierighini - 48s97 - 26º 


200m medley masculino 


Caio Pumputis - DSQ 


Vinicius Lanza - 2m01s84 - 23º 


4x100m medley misto 


Brasil - 3m48s07 - 9º 


800m livre


Guilherme Costa - 7m45s48 - 5º


50m peito


Felipe França - 27s42 - 8º 


Nado Artístico  


O Brasil esteve na final da prova de Equipe, que foi formada por Vitoria Casale, Jullia Catarino, Rafaela Garcia, Luiza Lopes, Laura Micucci, Celina Rangel, Gabriela Regly e Anna Giulia Veloso, terminou a rotina técnica na 12ª colocação com 79.2419. Vale lembrar que o Brasil não fazia uma final nesta prova desde Kazan 2015. 




Mais cedo, o Brasil também disputou a eliminatória da rotina livre do dueto feminino e terminou na 18ª colocação.  


Polo Aquático  


A seleção masculina de Polo Aquático estreou com derrota para a Geórgia por 14 a 10 pela primeira rodada do Grupo A da modalidade em Budapeste. A seleção masculina volta a jogar nesta quinta-feira, às 16h (de Brasília), contra os donos da casa. Já a seleção feminina joga nesta quarta-feira, 14h30 (de Brasília).  


Publicado pela Plataforma SGE da Bigmidia - Gestão Esportiva com Tecnologia

A Plataforma SGE é um Sistema de Gestão Esportiva desenvolvido para Confederações e Federações Esportivas. Saiba tudo sobre o funcionamento de um sistema de gestão esportiva e conheça melhor o SGE!